terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Voo do Zepelin





Se eu pudesse soprar todas as dores para longe
Se eu pudesse mergulhar as discussões inúteis em mar distante
Se fosse possível que os dias transcorressem naturalmente fáceis
Se fosse possível voar em um zepelin em uma terça-feira qualquer
Eu diria que tudo vale à pena
Que nenhuma alma é pequena
Que mesmo que um amor tenha lhe levado ao chão
Seu sentimento nunca foi entregue em vão
E que todos fomos feitos para sermos plenos
Desafiando o vento através do tempo
Como o avião que mais pesado que o ar
Atordoa os olhos dos que não enxergam no impossível grandes possibilidades

3 comentários:

  1. Que coisa mais linda! Fizestes o urso chorar!

    ResponderExcluir
  2. Adorei o blog e estou te seguindo. Se der passa no meu. http://amostragratisrecebidas-vane.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Adorei o texto.

    http://eublogando21.blogspot.com/

    ResponderExcluir