domingo, 5 de fevereiro de 2012

Nascido Para





Todos somos um
Todos somos únicos
Cada célula
Cada linha das nossas mãos
Nada foi construído em vão

E quando percebo o brilho nos olhos de quem olha para mim
Sei que o acaso não por acaso nos fez assim
Feitos para construir uma história
Para escrever na linha do tempo entre o futuro e a memória
O que nos desperte emoção ou interesse

Talhados para aprenderem uns com os outros
E para dividir felicidade como quem reparte um pão
Somos nascidos para um fim que não acaba
Somos nascidos para fazer acontecer
E todos os dias quando acordamos
Uma chance nova temos de nos fazer melhores
E de nascer novamente para uma nova vida

2 comentários:

  1. O futuro não bate a porta, ele entra sem que a gente perceba!
    Lindas palavras.
    bjs mano.

    ResponderExcluir